Casa de Ismael é premiada por Projeto Qualifica 164

A Casa de Ismael recebeu o reconhecimento do Instituto Viva Cidadania pelo trabalho realizado por meio do Projeto Profissionalizante Qualifica 164 no dia 18 de setembro, no auditório da LBV. O prêmio CIDADANIA VIVA, promovido pela Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB) e que está em sua segunda edição, premiou, ao todo, 10 projetos sociais que se destacaram pela ação junto a comunidades vulneráveis, promovendo a superação das dificuldades e o bem-estar de indivíduos e coletividade em todo o país e homenageou o cartunista Maurício de Sousa.

(Foto https://www.vivacidadania.org.br/)

https://www.vivacidadania.org.br/

Na abertura da Solenidade, presidente do Instituto Viva Cidadania, Douglas Scortegagna, ressaltou a importância do trabalho voluntário e do empenho de tantas pessoas que se esforçam para multiplicar os recursos financeiros para amenizar a fome e outras necessidades das pessoas menos favorecidas. Os projetos vencedores do 2º Prêmio CIDADANIA VIVA foram selecionados por uma Comissão Julgadora formada por cinco membros com experiência em julgamentos similares no terceiro setor. No total, 67 ações sociais de 21 estados brasileiros concorreram aos prêmios.

https://www.vivacidadania.org.br/

https://www.vivacidadania.org.br/

https://www.vivacidadania.org.br/

O presidente da Casa de Ismael, Valdemar Martins e a coordenadora do setor de educação sócio-profissional, Keity Gisele Reis da Silva, receberam o prêmio das mãos do cartunista Maurício de Sousa e do Conselheiro deliberativo do Instituto Viva Cidadania, Antonio Pedroso.

https://www.vivacidadania.org.br/

SOBRE O PROJETO QUALIFICA 164:

A proposta do Projeto é possibilitar o aprendizado de uma profissão, propiciar a redução
do desemprego da população juvenil do Distrito Federal e entorno e, consequentemente, a
redução dos níveis de exclusão social. Os jovens ganharão autonomia para que possam traçar novos objetivos e mudar sua realidade social.

Desse modo o Projeto tem o objetivo de qualificar adolescentes e jovens que estão em
cumprimento de medida socioeducativa, acolhimento institucional, situação de trabalho infantil, ou ainda em outras situações de risco e/ou de vulnerabilidade social.
Na 1º Etapa com a oferta de 180 vagas nos Cursos de Auxiliar Administrativo com carga
horária de 170horas e Informática Básica, Montagem e Configuração de Computadores com carga horária de 130 horas. Na 2º Etapa com 164 vagas nos Cursos de Auxiliar de Contabilidade com carga horária de 168 horas e Auxiliar de Departamento de Pessoal com carga horária de 264 horas.

O Projeto teve sua 1º Etapa com início em Março/2015 e término em Março/2016, com a
Metodologia referente a cada curso ofertado com vagas no período matutino e vespertino, sendo:
– O Curso de Informática com duração de 04 meses e dividido em 03 fases subsequentes de 28 alunos cada, com frequência em 02 dias por semana em 04 horas de aula por dia, totalizando 84 jovens matriculados e carga horária de 130 horas, no período de 12 meses.
– O Curso de Auxiliar Administrativo com duração de 06 meses e dividido em 02 fases
subsequente de 48 alunos cada, com frequência em 02 dias por semana em 04 horas por dia, contemplando 96 jovens matriculados, no período de 12 meses.

A 2º Etapa teve início em Setembro/2017 com previsão de término para Setembro/2018,
com a Metodologia referente aos cursos oferecidos com vagas no período matutino e vespertino, ficando:
– O Curso de Auxiliar de Contabilidade com duração de 05 meses e meio em 02 fases
consecutivas de 36 alunos cada, com presença em 02 dias por semana em 04 horas de aula por dia, totalizando 72 alunos matriculados no período de 12 meses.
– O Curso de Auxiliar de Departamento de Pessoal com duração de 05 meses e meio em 02
fases de execução de 46 alunos cada, com presença em 03 dias por semana em 04 horas de aula por dia, somando 92 matriculados no período de 12 meses.

O Conteúdo é divido em Módulo de Cidadania para formação pessoal, cidadã e profissional
dos jovens, com temas como: Ética, Orientação profissional – preparação para entrevista e
currículo, Relacionamento Interpessoal; Comunicação oral e corporal, Direitos humanos e
cidadania, As Diversidades e Bullying, entre outros. E Módulo Específico que é voltado para a
qualificação profissional com conteúdo conforme a função do curso proposto. Por se tratar de jovens que enfrentam dificuldades em manter atividades extras, o material foi distribuído no início dos cursos e mantido na Instituição e a entrega do recurso de transporte
foi entregue semanalmente. Atitude tomada para melhor administrar o recurso disponibilizado
para o transporte e consequentemente com as possíveis evasões.

O lanche foi oferecido diariamente e quando há necessidade dos alunos ficarem na
Instituição para outra atividade, ou até mesmo pela falta de tempo de locomoção entre o horário do curso e a escola a Casa de Ismael disponibilizava o almoço. É notório que todas essas iniciativas foram fundamentais para que os alunos iniciassem e finalizassem os cursos pretendidos. O corpo docente do Projeto é formado por Instrutores qualificados em trabalhar com o perfil de adolescentes proposto. Nos dois Cursos, os Instrutores conseguiram grande interação com os educandos, envolvendo-se cada vez mais em seus contextos sociais com afinco, visando sempre à mudança dessa realidade social.