Sala cheia mesmo no primeiro dia de aula.
Participantes do “Projeto Sopro de Cidadania”, já em sua 2ª edição: os aprendizes “saem na frente” em relação a outros jovens sem qualificação.

A primeira turma do ano do Programa Primeiro Passo para o Trabalho começou suas atividades com 30 adolescentes na aula inaugural do Projeto Sopro de Cidadania II, patrocinado pela Associação Nacional dos funcionários do Banco do Brasil – ANABB.

Depois da tradicional “boas-vindas” aos futuros profissionais, foi a vez de iniciar a matéria sobre ética no trabalho, pertencente ao Bloco Cidadania. Além da qualificação profissional de 60 adolescentes em situação de vulnerabilidade social, o projeto já patrocinou outros itens inerentes às despesas de qualificação de jovens. Ao todo, a duração é de 120 dias úteis para todas as atividades que preparam os adolescentes para enfrentarem a dificuldade de obter o primeiro emprego. “ Ao disputar vagas no mercado de trabalho, nossos aprendizes saem em melhores condições do que aqueles sem nenhuma experiência ou qualificação”, comenta Gislaine Arantes, a coordenadora do programa.

A turma participa das aulas ativamente, com muita animação!
Boas-vindas aos calouros de 2012: descontração com seriedade desde o primeiro dia!
A Coordenadora Gislaine Arantes orienta os pais dos aprendizes sobre a importância da qualificação profissional para inserção do jovem no mercado de trabalho.

 

Johnson Santos Rodrigues, professor de informática: ”Gosto muito de dar aulas. Fazer algo útil é importante!”

Para garantir que as aulas sejam atraentes aos adolescentes e, ao mesmo tempo tenham a qualidade necessária para atender à demanda do mercado, o Programa Primeiro Passo para o Trabalho conta com profissionais de alto nível para ministrar as aulas, todos voluntários. “Acho importante ser útil à sociedade e devolver um pouco do que recebi ao longo dos anos como aluno e que me transformou no profissional que sou hoje”, comenta o professor de informática Johnson Santos Rodrigues, que trabalha no SERPRO e dá aulas como voluntário na CASEL.

Parabéns aos professores, funcionários e aprendizes que, juntos, fazem o sucesso deste programa que tem oferecido a oportunidade para muitas famílias ampliarem sua renda com a inclusão dos salários destes jovens, gerando mais qualidade de vida para todos.